São Paulo
26°C
Rio de Janeiro
28°C
Brasília
29°C
Salvador
32°C
Belo Horizonte
28°C
Fortaleza
31°C
Recife
33°C
Manaus
28°C
Curitiba
24°C
Porto Alegre
30°C
Home >> Último Segundo >> Vídeo: criminosos são presos após invasão a estúdio de TV no Equador

Vídeo: criminosos são presos após invasão a estúdio de TV no Equador

Segundo as autoridades locais, 13 pessoas foram presas após grupo invadir estúdio da rede TC nesta terça-feira (9) em Guayaquil

por

iG Último Segundo

9 de janeiro de 2024

IG

Criminosos rendidos no chão do estúdio de TV da rede TC nesta terça-feira (9)Redes sociais

A polícia do Equador prendeu todos os homens armados que invadiram o estúdio da rede de televisão TC em Guayaquil nesta terça-feira (9). Segundo as autoridades, 13 pessoas foram detidas e provas foram recolhidas no local.

A invasão por homens encapuzados e armados aconteceu durante transmissão ao vivo do canal de notícias. Diversos funcionários foram rendidos e foi possível ouvir tiros e gritos ao fundo.

A entrada dos criminosos e o momento em que a equipe é rendida foram transmitidas ao vivo antes do sinal ser interrompido.  Nas imagens,  funcionários aparecem reunidos no chão dos estúdios, enquanto pessoas armadas gesticulavam para a câmera.

Informações de último minuto relatam que pistoleiros invadiram um estúdio da ‘TC Televisión’ e sequestraram dezenas de pessoas ao vivo em Guayaquil, no Equador. pic.twitter.com/ZhfO3Epf0R

— Conexão Política (@conexaopolitica) January 9, 2024

Presidente decreta conflito armado interno 

Após o ocorrido, o presidente do Equador, Daniel Noboa, decretou que 22 grupos do crime organizado sejam identificados como organizações terroristas e “atores beligerantes não estatais”.

Também foi decretado Conflito Armado Interno e que sejam feitas operações militares pelas Forças Armadas equatorianas para neutralizar os grupos armados.

Além disso, foi formado um Conselho de Segurança Pública e do Estado para analisar a situação da segurança do país.

criminosos são presos após invadirem estúdio de tv Equador violência Equador

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.