São Paulo
16°C
Rio de Janeiro
21°C
Brasília
27°C
Salvador
27°C
Belo Horizonte
25°C
Fortaleza
26°C
Recife
26°C
Manaus
28°C
Curitiba
14°C
Porto Alegre
17°C
Home >> Último Segundo >> Tensão Venezuela-Guiana ameaça interesses do Brasil, alerta comandante

Tensão Venezuela-Guiana ameaça interesses do Brasil, alerta comandante

O comandante da Marinha, Marcos Sampaio Olsen, disse que a Força está acompanhando a "escala de tensão"

por

iG Último Segundo

8 de dezembro de 2023

IG

O comandante da Marinha, almirante de esquadra Marcos Sampaio OlsenDefesanet – 30.10.2023

Nesta sexta-feira (08), o comandante da Marinha, almirante de esquadra Marcos Sampaio Olsen, afirmou que a organização está acompanhando o desenrolar das tensões entre a Venezuela e a Guiana pelo controle do território de Essequibo. Segundo o militar, há uma “escala de tensão” ocorrendo, o que pode impactar de forma negativa os interesses brasileiros, o que pode ser um potencial risco à manutenção da paz e cooperação nas estratégias do país. A resposta foi dada à agência de notícias Reuters.

Segundo o comandante, a Marinha segue pronta para apoiar a política externa do Brasil, além de manter a vigilância e proteção das infraestruturas críticas e os recursos encontrados em águas brasileiras. Tudo alinhado com as perspectivas postas pelo Ministério das Relações Exteriores e da Defesa.

Entretanto, não foi respondido qual seria o efetivo de militares e equipamentos que a organização dispõe para que as atividades sejam desempenhadas.

Defesa do Brasil

A fala do comandante à Reuters surge após Ministério da Defesa e o Exército anunciarem que as posições militares na região da fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana estavam sendo reforçadas.

A tensão tomou maiores proporções após um referendo feito pelo presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, em que perguntava à população venezuelana se aprovavam a anexação da região guianense do Essequibo, rica em minerais e petróleo.

Brasil Comandante Essequibo Guiana Marinha Venezuela

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.