São Paulo
16°C
Rio de Janeiro
21°C
Brasília
19°C
Salvador
25°C
Belo Horizonte
18°C
Fortaleza
28°C
Recife
25°C
Manaus
28°C
Curitiba
11°C
Porto Alegre
15°C
Home >> Último Segundo >> Suprema Corte decide a favor de Trump e ele segue como pré-candidato

Suprema Corte decide a favor de Trump e ele segue como pré-candidato

O ex-presidente concorre nas prévias do Partido Republicano para ser o candidato do partido nas eleições presidenciais de novembro

por

iG Último Segundo

4 de março de 2024

IG

Donald Trump aparece como o favorito para as eleições americanas em 2024. É o que aponta a pesquisa realizada pela ABC News e pelo Washington Post. O resultado foi divulgado na última semana de setembro. Reprodução: Flipar

A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu, nesta segunda-feira (4), que o ex-presidente Donald Trump segue qualificado para ser pré-candidato pelo Partido Republicado nas eleições presidenciais que acontecem em novembro deste ano. 

A decisão acontece na véspera da Superterça, data na qual 15 estados e um território norte-americano votam de forma simultânea nas prévias eleitorais do país.

Trump x Justiça do Colorado

A sentença se refere a uma decisão específica do estado do Colorado, mas valerá para qualquer outro estado que conteste a participação de Trump na disputa eleitoral — e, consequentemente, para todo o país. Sendo assim, o ex-presidente não pode mais ser retirado do pleito.

A Suprema Corte respondeu ao recurso da defesa de Donald Trump a uma decisão da Justiça do estado do Colorado, determinando que Trump não poderia concorrer às eleições por ter violado um artigo da Constituição dos EUA.

Na época, a Justiça do Colorado argumentou que Donald Trump participou da insurreição do dia 6 de janeiro de 2021, quando milhares de pessoas invadiram o Capitólio, em Washington. E, por naquele período ainda ser presidente, deveria ser impedido de voltar a ocupar um cargo público.

Os juízes decidiram a favor de Trump de forma unânime. Seis dos nove magistrados da Suprema Corte dos EUA são conservadores e, desses, três foram indicados por Donald Trump quando ele era presidente dos Estados Unidos.

A decisão também acontece no mesmo dia de início do processo no qual o ex-presidente norte-americano é acusado de ter conspirado para alterar os resultados das eleições de 2020, quando ele perdeu para Joe Biden. O caso é o principal processo entre os quatro que o ex-presidente norte-americano atualmente responde na Justiça dos EUA.

Relembre o caso

Donald Trump perdeu as eleições presidenciais de 2020 para Joe Biden, mas ele questionou a veracidade do pleito e se recusou a aceitar o resultado.

No dia 6 de janeiro de 2021, ele ainda era presidente e, em Washington DC,  fez um discurso que, em seguida, resultou em uma multidão invadindo o prédio do Congresso dos Estados Unidos, chamado de Capitólio. 

Anos depois, um grupo chamado Cidadãos pela Responsabilidade e Ética em Washington protocolou um processo na Justiça do estado do Colorado para barrar Trump nas eleições por causa da participação dele no episódio do dia 6 de janeiro.

democracia Donald Trump Eleições americanas eleições EUA Joe Biden Justiça Partido Republicano Superterça Suprema Corte decide à favor de Donald Trump Suprema Corte EUA

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.