São Paulo
17°C
Rio de Janeiro
22°C
Brasília
17°C
Salvador
25°C
Belo Horizonte
17°C
Fortaleza
26°C
Recife
26°C
Manaus
27°C
Curitiba
15°C
Porto Alegre
18°C
Home >> Último Segundo >> Silvio Almeida defende regulação das redes sociais após morte de jovem

Silvio Almeida defende regulação das redes sociais após morte de jovem

Caso de Jéssica Canedo reacendeu debate sobre regulação e fake news nas redes sociais

por

iG Último Segundo

23 de dezembro de 2023

IG

Silvio Almeida, ministro dos Direitos HumanosTânia Rêgo/Agência Brasil

O Ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania, Silvio Almeida, se pronunciou no X, antigo twitter, pedindo a regulação das redes sociais. O pedido ocorreu após a notícia da morte da estudante Jéssica Canedo, de 22 anos, que foi vítima de fake news na última semana. As notícias afirmavam que a estudante possuía um envolvimento com o humorista Whindersson Nunes, o que foi desmentido pelos dois.

Segundo o ministro, esse é o segundo caso, em menos de um mês, que envolve o suicidio de uma pessoa jovem e possui algum tipo de relação com divulgação de informações falsas e discursos de ódio na internet.

Nas palavras do advogado, a irresponsabilidade também passa pelas empresas que regem as redes sociais, uma vez que o conteúdo propagado por esses canais acabam com famílias e impossibilitam uma vida social saudável.

Em menos de um mês este é o segundo caso de suicídio de pessoa jovem – e que guarda relação com a propagação de mentiras e de ódio em redes sociais – de que tenho notícia. Tragédias como esta envolve questões de saúde mental, sem dúvida, mas também, e talvez em maior proporção,…

— Silvio Almeida (@silviolual) December 23, 2023

Entenda o caso

No início da semana, perfis nas redes sociais que costumam postar notícias sobre celebridades, postaram prints falsos de uma suposta conversa entre Jéssica e Whindersson. A estudante e o humorista negaram o conteúdo das conversas, e disseram que nunca haviam se conhecido. 

Nas mensagens falsas, as duas pessoas estão em um clima de flerte, sendo que uma delas afirma ser muito reservada, enquanto a outra pessoa se diz interessada nesse tipo de perfil e sugere um encontro.

O conteúdo ganhou mais repercussão após ter sido publicado pelo perfil “Choquei”, dedicado a postar notícias gerais, mas com foco em celebridades.

Após a repercussão, Jéssica utilizou o Instagram para explicar a situação e pedir o fim de ataques que estava recebendo após as informações falsas começarem a se espalhar. Na publicação com o desabafo, Raphael Sousa, responsável pela Choquei comentou: “Avisa para ela que a redação do ENEM já passou. Pelo amor de Deus!”

Na última sexta-feira, em publicação no Instagram, a mãe de Jéssica confirmou a morte da jovem, e associou o fato aos comentários e notícias falsas vinculados à estudante.

Redes Sociais Silvio Almeida Whindersson Nunes

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.