São Paulo
20°C
Rio de Janeiro
25°C
Brasília
20°C
Salvador
27°C
Belo Horizonte
21°C
Fortaleza
26°C
Recife
28°C
Manaus
27°C
Curitiba
18°C
Porto Alegre
22°C
Home >> Último Segundo >> Primeiro dia de Milei teve reforma ministerial e mudança de lei

Primeiro dia de Milei teve reforma ministerial e mudança de lei

O presidente reduziu pela metade o número de ministérios, alterou a lei anti-nepotismo do país e determinou o fim do home office aos funcionários públicos

por

iG Último Segundo

12 de dezembro de 2023

IG

Javier e Karina Milei.Reprodução/SBT News – 11.12.2023

O novo presidente da Argentina, Javier Milei, iniciou o seu mandato decretando uma redução no número de ministérios e determinando a revisão de cargos, contratos e regime de trabalho de funcionários do governo.

Em uma reunião realizada com os ministros nesta segunda-feira (11), Milei definiu que o regime de trabalho em todos os ministérios deve ser 100% presencial. O presidente também pediu um levantamento de todos os contratos vigentes nas pastas.

Outra medida do presidente foi alterar a lei anti-nepotismo do país para empregar sua irmã Karina Milei como Secretária-Geral da Presidência

No domingo (10), o presidente assinou um decreto que reduz o número de ministérios a nove, a metade do que tinha no governo do ex-presidente Alberto Fernández.

As pastas que ficaram definidas foram:

  • Ministério de Interior;
  • Ministério de Relações Exteriores;
  • Ministério de Comercio Internacional e Culto;
  • Ministério da Defesa;
  • Ministério da Economia;
  • Ministério de Infraestrutura;
  • Ministério da Justiça;
  • Ministério de Segurança;
  • Ministério da Saúde e Capital Humano.

Milei defende que a medida é uma forma de cortar gastos públicos. “Não existe solução sem atacar o déficit fiscal. A solução implica um ajuste no setor público, que cairá sobre o Estado, e não sobre o setor privado”, disse o presidente.

Argentina Javier Milei

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.