São Paulo
20°C
Rio de Janeiro
25°C
Brasília
20°C
Salvador
27°C
Belo Horizonte
21°C
Fortaleza
26°C
Recife
28°C
Manaus
27°C
Curitiba
18°C
Porto Alegre
22°C
Home >> Último Segundo >> Polícia atira e mata homem que fazia esposa refém em Pinheiros, SP

Polícia atira e mata homem que fazia esposa refém em Pinheiros, SP

O caso foi registrado como violência doméstica e aconteceu na manhã deste domingo (10), em prédio da zona oeste da capital

por

Ana Carolina Montoro

10 de dezembro de 2023

IG

A ocorrência foi registrada no 14º DP de Pinheiros, zona oeste de São PauloGoogle Street View

Um homem de 45 anos foi morto por um sniper da polícia ao fazer a esposa refém com uma faca na Rua Mateus Grou, em Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo, na manhã deste domingo (10).

Dois tiros foram disparados. Andre Luiz Alves Pedrosa foi atingido no peito e não resistiu.

Entenda o caso 

Por volta de 8h30 deste domingo, vizinhos do apartamento onde estava André, a esposa e o filho começaram a ouvir gritos e pedidos de socorro. Segundo informações do g1, as primeiras viaturas do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) começaram a chegar no edifício por volta das 8h45. 

Ainda segundo o g1, foram 40 minutos de negociação. A vítima estava sendo mantida refém, enquanto o marido ameaçava matá-la ao empunhar uma faca em seu pescoço. 

O Portal iG entrou em contato com a Secretaria de Segurança de São Paulo (SSP/SP) e em nota, o órgão diz que a vítima estava sendo mantida dentro do apartamento e que o filho do casal, que também estava dentro do imóvel, foi o primeiro liberado. 

O jovem ficou na companhia de vizinhos, enquanto as negociações se desenrolavam.

Ainda segundo a nota da SSP/SP

homem de 45 anos é morto pela polícia em pinheiros violência doméstica violência doméstica em pinheiros

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.