São Paulo
25°C
Rio de Janeiro
28°C
Brasília
23°C
Salvador
28°C
Belo Horizonte
23°C
Fortaleza
27°C
Recife
30°C
Manaus
35°C
Curitiba
22°C
Porto Alegre
29°C
Home >> Último Segundo >> ONU diz estar preocupada com deslocamento de palestinos em Gaza

ONU diz estar preocupada com deslocamento de palestinos em Gaza

Israel, por sua vez, voltou a criticar a organização

por

Ansa

4 de janeiro de 2024

IG

Faixa de GazaReprodução/Youtube

O alto comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Volker Turk, mostrou preocupação com os pedidos de Israel para que os palestinos deixem a Faixa de Gaza.

“Estou muito preocupado com as declarações de altos funcionários israelenses sobre os planos de transferência de civis de Gaza para países terceiros”, afirmou o advogado austríaco.

O chefe de direitos humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) acrescentou que a legislação internacional “proíbe a transferências forçada de pessoas protegidas ou a deportação de território ocupado”.

Por outro lado, o Cogat, órgão do Ministério da Defesa de Israel responsável pelos assuntos civis palestinos, voltou a acusar a ONU de não fazer o suficiente para levar ajuda humanitária à Faixa de Gaza.

“Não podemos continuar ignorando os fatos: não há punição coletiva. Duas passagens estão abertas. Vocês falam que podem levar 200 caminhões por dia para Kerem Shalom, mas não conseguem levar nem 100”, afirmou o órgão.

Em relação ao conflito no enclave palestino, a primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, apelou para que Israel “preserve a segurança” dos civis em Gaza.

Combates

A sede da organização Crescente Vermelho Palestino em Khan Yunis foi bombardeado pelas forças israelenses, resultando na morte de uma pessoa e no ferimento de outras seis.

A cidade palestina também foi alvo de intensos combates nos últimos dias, principalmente dentro dos túneis militares do grupo fundamentalista islâmico Hamas, em um trecho que se estende por centenas de metros.

“Nesses combates, cinco terroristas se renderam e se entregaram aos soldados israelenses. Durante os interrogatórios, eles relataram que muitos de seus camaradas foram mortos em operações clandestinas, incluindo os comandantes de dois pelotões”, disse um porta-voz militar.

A rede Al Jazeera, por sua vez, relatou que “bombardeios constantes” aconteceram nas proximidades da zona de evacuação de Al-Mawasi.

Estados Unidos

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, retornará hoje ao Oriente Médio, onde visitará vários países, incluindo Israel, informou uma autoridade norte-americana.

Faixa de Gaza Israel ONU

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.