São Paulo
16°C
Rio de Janeiro
21°C
Brasília
18°C
Salvador
26°C
Belo Horizonte
20°C
Fortaleza
26°C
Recife
27°C
Manaus
26°C
Curitiba
12°C
Porto Alegre
14°C
Home >> Último Segundo >> Onda de violência: Argentina oferece ajuda armada ao Equador

Onda de violência: Argentina oferece ajuda armada ao Equador

País vive grave crise de segurança pública

por

Ansa

10 de janeiro de 2024

IG

Onda de violência no EquadorReprodução: Redes Sociais

O governo da Argentina está disposto a enviar ajuda armada ao Equador para enfrentar a onda de violência desencadeada pelo crime organizado.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (10) pela ministra da Segurança, Patricia Bullrich, que disse que o tráfico de drogas é um “problema continental”.

“Estamos dispostos a enviar forças de segurança, se necessário, para ajudar o Equador. O que acontece no Equador, na Colômbia, no Peru e na Bolívia afeta a Argentina. 

Temos que nos proteger como país e como continente”, disse Bullrich em entrevista televisiva. A expoente do governo ultraliberal de Javier Milei lembrou que, em 2015, o Equador tinha uma taxa de mortalidade inferior à da Argentina, mas as autoridades locais “perderam o controle do território”.

 “O Equador passou de um país pacífico com uma baixa taxa de homicídios a um país dominado pelo narcoterrorismo. Não devemos recuar contra as máfias, devemos lutar todos os dias para impor o peso da lei e a força do Estado para cuidar dos cidadãos”, declarou Bullrich.

Argentina Equador Javier Milei onda de violência

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.