São Paulo
21°C
Rio de Janeiro
24°C
Brasília
18°C
Salvador
26°C
Belo Horizonte
21°C
Fortaleza
26°C
Recife
27°C
Manaus
27°C
Curitiba
20°C
Porto Alegre
18°C
Home >> Último Segundo >> Mulher que cortou pênis do marido após traição é presa pela polícia

Mulher que cortou pênis do marido após traição é presa pela polícia

Após corte, mulher jogou órgão sexual na privada. Polícia Civil pediu prisão temporária da mulher à Justiça, que acatou o pedido

por

Rafael Nascimento

23 de dezembro de 2023

IG

Fachada da delegacia de Atibaia, em São PauloReprodução/PMA

A mulher de 34 anos que cortou e jogou pênis do marido em uma privada, após descobrir que o homem havia a traído com a sobrinha dela, foi presa pela Polícia Civil, em Atibaia (SP).

Ela foi detida na noite de sexta-feira (22) após a Justiça acatar o pedido da Polícia Civil pela prisão temporária da confessa. A prisão foi justificado pelo motivo de  tentativa de homicídio e vale, inicialmente, por 30 dias.

A polícia considerou que ela se apresentou espontaneamente à unidade de segurança e, inicialmente, não a manteve detida por considerar “ausência de estado flagrancial”. Durante o dia, a Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o caso e representou pela prisão temporária da mulher.

Após o pedido ser acatado pela Justiça, os policiais foram até a casa dela, mas não a encontraram. Por telefone, a mulher disse aos policiais que se apresentaria novamente. Assim, ela se apresentou de novo e permaneceu presa.

Caso motivado por vingança

Segundo o boletim de ocorrência, a mulher afirmou à polícia que descobriu que, no dia do seu aniversário, o marido teria a traído com uma sobrinha dela de 15 anos de idade — o que motivou o crime.

Após a descoberta, ela afirmou que ficou irritada e esperou o marido chegar em casa para iniciar uma relação sexual com o homem. Durante o ato, ela amarrou as mãos dele com uma calcinha, pegou uma navalha e cortou o pênis do marido. Em seguida, ela tirou uma foto do órgão, jogou na privada e deu descarga.

Ainda de acordo com o boletim, o homem saiu à procura de socorro, enquanto a mulher encontrou com o irmão e foi à delegacia de plantão de Atibaia, onde confessou o crime.

“Boa noite, moço. Eu vim me apresentar porque eu acabei de cortar o pênis do meu marido”, disse a mulher à polícia. O irmão da confessa disse que, por morar perto, ouviu os gritos do cunhado pedindo ajuda e que a vítima foi à UPA a pé para buscar atendimento. De madrugada, o homem foi transferido para o Hospital Universitário São Francisco (Husf).

Atibaia São Paulo Tentativa de homicídio

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.