São Paulo
19°C
Rio de Janeiro
23°C
Brasília
23°C
Salvador
25°C
Belo Horizonte
26°C
Fortaleza
29°C
Recife
28°C
Manaus
31°C
Curitiba
14°C
Porto Alegre
17°C
Home >> Último Segundo >> Mossoró: Fernandinho Beira-Mar é transferido de presídio

Mossoró: Fernandinho Beira-Mar é transferido de presídio

A unidade penitenciária de segurança máxima foi a primeira a registrar uma fuga no país

por

iG Último Segundo

4 de março de 2024

IG

Fernandinho Beira-MarReprodução

Uma das principais lideranças do Comando Vermelho, Fernandinho Beira-Mar, foi transferido no último sábado (2) da unidade penitenciária federal em que estava. Ele estava preso no presídio federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, e foi transferido para Catanduvas, no Paraná. A mudança se deve após o presídio de Mossoró registrar a primeira fuga de uma unidade de segurança máxima no Brasil.

Ao todo, cinco presídios de segurança máxima existem no Brasil. Eles estão sob comando da Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), que responde ao Ministério da Justiça e Segurança Pública. Elas estão localizadas em Catanduvas (PR), Campo Grande (MS), Porto Velho (RO), Mossoró (RN) e Distrito Federal. 

As prisões de segurança máxima costumam receber as lideranças de crime organizado ou condenados de alta periculosidade. Nos cinco presídios, são detidos 489 presos no total.

Além do líder do Comando Vermelho, a lista de presos em presídios de segurança máxima conta com Marcos Willians Herbas Camacho, conhecido como Marcola, que foi identificado como uma das lideranças do Primeiro Comando da Capital (PCC). um dos criadores do Dogolachan, fórum extremista que já foi considerado a maior rede de ódio do país, Marcelo Valle Silveira Mello, também é um dos presos.

Em sua estrutura, os presídios de segurança máxima são equipados com sistemas de vigilância, câmeras escondidas e sensores de detecção de uso de drogas, além de cada preso possuir uma cela individual. Eles ainda possuem atendimento médico, odontológico, psicológico e de enfermagem nas instalações, para que não haja transferências de presos.

A unidade de Catanduvas — presídio que Fernandinho Beira-Mar está indo — foi a primeira inaugurada, em junho de 2006. O líder do Comando Vermelho chegou a ficar preso na unidade logo nos primeiros meses de funcionamento, sendo transferido para Campo Grande e depois para Mossoró.

Dentre os nomes mais proeminentes que cumprem pena em presídios de segurança máxima estão: 

  • Cesare Battisti: Ativista italiano que foi condenado a prisão perpétua no país europeu, mas estava no Brasil quando teve a prisão preventiva decretada;
  • Élcio de Queiroz: Ex-policial militar acusado de atuar em milícias e confessou ter participado da execução da vereadora Marielle Franco, em 2018;
  • Elias Maluco: Um dos maiores traficantes do Rio de Janeiro, foi o responsável pela morte do jornalista Tim Lopes, Ele foi encontrado morto em sua cela em 2020;
  • Juan Carlos Abadía: Líder do cartel de drogas na Colômbia, era fugitivo da polícia norte-americana. Quando preso, foi deportado para os Estados Unidos;
  • Marcinho VP: Apontado como um dos líderes do Comando Vermelho e o responsável pelos pontos de venda de drogas no Complexo do Alemão;
  • Ronnie Lessa: Um dos envolvidos no assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, sendo a pessoa que atirou contra as vítimas.
comando vermelho Fernandinho Beira Mar Máxima Mossoró Presídio Segurança

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.