São Paulo
19°C
Rio de Janeiro
22°C
Brasília
19°C
Salvador
25°C
Belo Horizonte
18°C
Fortaleza
27°C
Recife
26°C
Manaus
27°C
Curitiba
16°C
Porto Alegre
18°C
Home >> Último Segundo >> Mercosul demonstra preocupação sobre conflito entre Venezuela e Guiana

Mercosul demonstra preocupação sobre conflito entre Venezuela e Guiana

Em nota oficial divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores, bloco pede que países evitem decisões unilaterais e priorizem diálogo

por

Ana Carolina Montoro

7 de dezembro de 2023

IG

Bandeiras dos países membros do Mercosul Ana de Oliveira/AIG-MRE

Os paises membros do MERCOSUL (Mercado Comum do Sul)  manifestam sua preocupação com o aumento das tensões entre Venezuela e Guiana a respeito a disputa pelo território de Essequibo.

Em nota [confira na íntegra abaixo], divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores nesta quinta-feira (7),  o grupo lembra da tradição pacifista do continente.

“A América Latina deve ser um território de paz e, no presente caso, trabalhar com todas as ferramentas de sua longa tradição de diálogo.​ Nesse contexto, alertam sobre ações unilaterais que devem ser evitadas, pois adicionam tensão, e instam ambas as partes ao diálogo e à busca de uma solução pacífica.”

Composição do Mercosul 

O Mercosul é um bloco econômico regional, criado em março de 1991, a partir do acordo assinado em Assunção, capital do Uruguai, por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.

Sua sede é em Montevidéu e seu objetivo é fortalecer a economia e política da região frente à outros países e blocos econômicos. 

Atualmente, além dos quatro países pioneiros no acordo, Chile, Bolívia, Equador e Peru são estados associados. 

Nota completa divulgada pelo MRE

“Os Estados Partes do MERCOSUL manifestam sua profunda preocupação com a elevação das tensões entre a República Bolivariana da Venezuela e a República Cooperativa da Guiana. A América Latina deve ser um território de paz e, no presente caso, trabalhar com todas as ferramentas de sua longa tradição de diálogo.​

Nesse contexto, alertam sobre ações unilaterais que devem ser evitadas, pois adicionam tensão, e instam ambas as partes ao diálogo e à busca de uma solução pacífica da controvérsia, a fim de evitar ações e iniciativas unilaterais que possam agravá-la.”

Mercosul disputa essequibo Mercosul se posiciona sobre Essequibo Mercosul Venezuela Guiana

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.