São Paulo
20°C
Rio de Janeiro
25°C
Brasília
20°C
Salvador
27°C
Belo Horizonte
21°C
Fortaleza
26°C
Recife
28°C
Manaus
27°C
Curitiba
18°C
Porto Alegre
22°C
Home >> Último Segundo >> Mercosul condena onda de violência no Equador

Mercosul condena onda de violência no Equador

Em nota conjunta, os países-membros manifestaram solidariedade ao povo equatoriano e apoio à institucionalidade democrática do país

por

Ansa, iG Último Segundo

10 de janeiro de 2024

IG

Onda de violência no EquadorReprodução: Redes Sociais

ANSA) – Em nota conjunta publicada nesta quarta-feira (10), os países-membros do Mercosul condenaram os atos de violência em meio à emergência interna que atinge o Equador. “Os Estados Partes do Mercosul expressam sua solidariedade ao povo e ao governo do Equador, assim como seu respaldo irrestrito à institucionalidade democrática desse país, no marco do respeito aos direitos humanos”, diz o texto, creditando a violência a “grupos relacionados ao crime organizado transnacional”. Ainda nesta quarta, o Brasil colocou a Polícia Federal à disposição do governo equatoriano. A informação foi confirmada pelo diretor-geral da PF, Andrei Rodrigues ao blog do Octavio Guedes.

O Equador vive uma crise de segurança pública desde segunda-feira (8), após a fuga de José Adolfo Macías da prisão. Conhecido como “Fito”, ele é chefe da “Los Choneros”, uma das facções criminosas mais temidas do país.

Equador Mercosul violência no Equador

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.