São Paulo
18°C
Rio de Janeiro
21°C
Brasília
13°C
Salvador
26°C
Belo Horizonte
16°C
Fortaleza
24°C
Recife
25°C
Manaus
26°C
Curitiba
16°C
Porto Alegre
18°C
Home >> Último Segundo >> Jornal dos EUA acusa aliado de Putin de ser o assassino de Prigozhin

Jornal dos EUA acusa aliado de Putin de ser o assassino de Prigozhin

Nikolai Patrushev foi acusado de ter cometido o crime

por

Naian Lucas Lopes

23 de dezembro de 2023

IG

Presidente da Rússia, Vladimir Putin, enviou ‘condolências’ à família de PrigozhinMontagem iG / Imagens: Flickr e Kremlin

O secretário do Conselho de Segurança da Rússia, Nikolai Patrushev, está sob intensa especulação de ter arquitetado a morte de Yevgeny Prigozhin, líder do Grupo Wagner, devido à percepção de ameaça ao Kremlin.

De acordo com informações obtidas pelo jornal americano Wall Street Journal, Patrushev teria alertado o presidente Vladimir Putin sobre a crescente influência de Prigozhin e sua dependência de mercenários na Guerra na Ucrânia, tornando-o um potencial ameaça ao Kremlin.

O suposto plano envolveria um ataque com bomba no avião do líder mercenário, especialmente após o motim dos soldados Wagner.

A motivação de Patrushev para tal ação estaria relacionada ao controle de milhares de mercenários e operações empresariais de Prigozhin na África, gerando desconforto entre os oligarcas russos.

O Grupo Wagner, liderado por Yevgeny, conquistou êxitos significativos na Guerra na Ucrânia, incluindo a tomada de Bakhmut após um cerco de dez meses, ampliando a influência do líder mercenário no Kremlin.

No verão de 2022, Patrushev alertou Putin sobre a ameaça representada por Prigozhin, que, segundo relatos, foram ignorados pelo presidente.

A rivalidade entre Yevgeny e líderes militares russos ficou evidente nas críticas enérgicas do líder do Grupo Wagner nas redes sociais, acusando-os de traição.

A mudança na postura de Putin ocorreu quando Prigozhin fez reclamações ‘rudes’ sobre a falta de suprimentos, levando Patrushev a convencer Putin de que Yevgeny representava uma ameaça à autoridade do Kremlin.

Recentemente, em junho deste ano, Putin anunciou planos para desmantelar o Grupo Wagner e incorporar suas tropas ao Ministério da Defesa russo.

A medida, aparentemente, representa um esforço para controlar as possíveis ramificações do poder de Prigozhin e evitar possíveis desdobramentos indesejados.

Kremlin Nikolai Patrushev Rússia Vladimir Putin Yevgeny Prigozhin

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.