São Paulo
20°C
Rio de Janeiro
23°C
Brasília
19°C
Salvador
25°C
Belo Horizonte
18°C
Fortaleza
25°C
Recife
25°C
Manaus
27°C
Curitiba
17°C
Porto Alegre
19°C
Home >> Último Segundo >> Irã se junta ao Hamas e ataca Israel após explosões no país

Irã se junta ao Hamas e ataca Israel após explosões no país

Duas explosões mataram 103 pessoas no Irã nesta quarta-feira (3)

por

iG Último Segundo

3 de janeiro de 2024

IG

Explosões no IrãReprodução: Redes Sociais

A brigada Al-Quds, da Guarda Revolucionária do Irã, anunciou que se juntou ao grupo extremista Hamas e atacou o Exército de Israel na Faixa de Gaza nesta quarta-feira (3). 

O ataque aconteceu após duas explosões no Irã que mataram 103 pessoas nesta manhã. Elas caminhavam em procissão para o túmulo de Qassem Soleimani, o general iraniano morto por um ataque dos Estados Unidos em 2020.

“Esta tarde, numa operação conjunta com o al-Qassam, bombardeamos 60 grupos de veículos e soldados inimigos nas linhas de frente que avançam sobre o centro de Khan Younis”, diz o comunicado da Al-Quds.

Até a publicação desta reportagem, o exército de Israel não se manifestou sobre o ocorrido. Ademais, não há evidências de que as explosões foram causadas por israelenses.

A primeira explosão aconteceu a 700 metros do túmulo de Soleimani. A segunda foi mais afastado, perto dos socorristas que chegaram para cuidar da primeira bomba.

Em 2020, a morte de Soleimani provocou uma revolta no Irã. Ele foi morto por ataques orquestrados pelos Estados Unidos, em uma operação secreta ordenada pelo presidente da época, Donald Trump. Na época, o iraniano liderava há 15 anos a Força Al Quds.

explosão Faixa de Gaza Hamas Irã Israel

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.