São Paulo
17°C
Rio de Janeiro
23°C
Brasília
23°C
Salvador
28°C
Belo Horizonte
20°C
Fortaleza
28°C
Recife
29°C
Manaus
25°C
Curitiba
13°C
Porto Alegre
18°C
Home >> Último Segundo >> Incêndios florestais deixam 51 mortos no Chile

Incêndios florestais deixam 51 mortos no Chile

Segundo a ministra do Interior chilena, Carolina Tohá, há danos em pelo menos 1.100 casas

por

iG Último Segundo

4 de fevereiro de 2024

IG

Incêndios florestais no ChileReprodução: Redes Sociais

Incêndios florestais que atingem o Chile nos últimos dias já deixaram 51 mortos, segundo o Serviço Nacional de Prevenção e Resposta a Desastres (Senapred).

Antes, o número de vítimas era 40, de acordo com o presidente do Chile, Gabriel Boric. Ele também havia informado que outras seis pessoas estavam em hospitais por queimaduras.

“Dadas as condições da tragédia, o número de vítimas certamente aumentará nas próximas horas”, disse Boric.

O Chile combate grandes incêndios florestais desde 2017, quando as chamas atingiram áreas povoadas de Valparaíso e regiões próximas. 

CATÁSTROFE NO CHILE

Bombeiros da 5ª Região do Chile percebem que há pessoas presas dentro de veículos civis que queimam enquanto passam por um dos incêndios florestais em uma rodovia.
By: O Informante pic.twitter.com/brV36FYIbW

— Nunes Oliveira (@NunesOliveira33) February 4, 2024

No sábado (3), as áreas de Viña del Mar e Valparaíso foram as mais afetadas. O fogo avançou sobre áreas residenciais, industriais e comerciais. Até às 22h de ontem, 37 incêndios florestais ainda estão sendo combatidos, enquanto 46 já foram controlados.

Em El Olivar, as chamas foram espalhadas pelo vento, o que resultou em casas incendiadas e explosões de carros.

04.02.24 Chile .. incêndios florestais no Chile. Várias regiões há evacuação em grande escala. O incêndio atingiu grandes cidades, como Viña del Mar. Até agora 46 pessoas morreram. O fogo consumiu mais de 40 mil hectares. Foi declarado estado de emergência no país. pic.twitter.com/TD8KJJktQ0

— Fe MacMillan (@EnjoyJourney22) February 4, 2024

O Senapred informou ainda que muitas moradias foram danificadas, sendo 70% delas partes de lotes e 30% de habitações. Ademais, 15 abrigos foram montados e, até ontem, havia 1.600 pessoas neles.

Segundo a ministra do Interior chilena, Carolina Tohá, há danos em pelo menos 1.100 casas.

“Provavelmente será a situação de emergência, após o terremoto de 2010, que provocou mais vítimas no Chile nos últimos tempos”, afirmou Tohá na noite do sábado (3).

Chile gabriel boric Incêndio Mortos

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.