São Paulo
22°C
Rio de Janeiro
26°C
Brasília
22°C
Salvador
29°C
Belo Horizonte
22°C
Fortaleza
29°C
Recife
29°C
Manaus
25°C
Curitiba
20°C
Porto Alegre
27°C
Home >> Último Segundo >> Ibaneis não vai ao ato convocado por Lula no 8 de janeiro

Ibaneis não vai ao ato convocado por Lula no 8 de janeiro

O governador do DF estará de férias e evidenciou que não mudará seus planos

por

Lara Tôrres

25 de dezembro de 2023

IG

Ibaneis foi afastado do cargo por adotar uma postura omissa no 8 de janeiro de 2023Reprodução/Twitter

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), comunicou ao Palácio do Planalto que não comparecerá ao ato em memória da tentativa de golpe de 8 de janeiro, convocado pelo presidente Lula (PT). De férias, Ibaneis não pretende mudar seus planos.

No aniversário da tentativa fracassada de golpe de estado planejada e executada por eleitores inconformados do ex-presidente Jair Bolsonaro, o ato realizado no Congresso Nacional terá como mote a defesa da democracia.

Vale lembrar que no dia que as sedes dos três Poderes da República foram depredadas, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, afastou Ibaneis de seu cargo por sua “conduta dolosamente omissiva” após a divulgação de um áudio em que o governador do DF afirmava que iria “tirar uma soneca no dia” do ataque golpista.

Apesar de Ibaneis ter declarado que vai “levar falta”, o ato convocado por Lula contará com a presença de várias autoridades, como o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso; os presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco. 

O atual ministro da Justiça, Flávio Dino, foi aprovado para se tornar ministro do STF e só será empossado no cargo após o dia 8 de janeiro, justamente para poder participar do ato convocado pelo presidente, ao lado dos demais ministros e ministras.

8 de janeiro ato Ibaneis Lula

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.