São Paulo
22°C
Rio de Janeiro
26°C
Brasília
22°C
Salvador
29°C
Belo Horizonte
22°C
Fortaleza
29°C
Recife
29°C
Manaus
25°C
Curitiba
20°C
Porto Alegre
27°C
Home >> Último Segundo >> Guiana confirma morte de cinco soldados em queda de helicóptero

Guiana confirma morte de cinco soldados em queda de helicóptero

A aeronave caiu próximo a Venezuela, em meio as tensões entre os dois países na divisão territorial

por

iG Último Segundo

8 de dezembro de 2023

IG

O helicóptero tinha sete soldados da Guiana e caiu perto da fronteira com a VenezuelaReprodução

Nesta sexta-feira (08), o presidente da Guiana, Mohamed Irfaan Ali, confirmou a morte de cinco soldados que estavam a bordo de um helicóptero, que caiu perto da Venezuela na última quarta-feira (06). Os agentes eram das Forças de Defesa da Guiana (GDF), e estavam em uma aeronave do Exército do país. Além das vítimas fatais, outros dois soldados estavam na no helicóptero.

O presidente guianês utilizou o Facebook para dar a notícia. Ele lamentou a morte dos agentes, e fez um apelo para manter as preces pelas vítimas do acidente, além de orações para seus familiares, para a GDF e para o país, que passa por um momento de impasses com a Venezuela sobre as suas fronteiras.

“Meu coração sofre e se afoga de tristeza diante da trágica perda de alguns de nossos melhores homens uniformizados. A magnitude desta perda para as famílias, nosso país, o GDF e para mim pessoalmente é incomensurável. Meus amigos e camaradas de confiança, meus irmãos, como isso pode ser?”, escreveu Irfaan Ali.

Além do líder guianês, o assessor de Segurança Nacional do presidente, Capitão Gerry Gouveia, comentou o caso nesta sexta-feira. Segundo ele, os dois sobreviventes estão estáveis, e devem ser resgatados ainda nesta sexta-feira.

“Hoje nos aventuramos novamente nesta missão de resgate e recuperação. Estamos focados e decididos. Nossos bravos e altamente treinados oficiais das forças especiais estão na montanha do local, cuidando dos dois sobreviventes e preparando a área de extração”, disse o assessor em uma publicação no Facebook.

O helicóptero estava sendo pilotado por um tenente-coronel de um batalhão de infantaria. O objetivo da missão era conseguir visitar as tropas do Exército na fronteira oeste da Guiana. Entretanto, ele caiu quando passava por zonas montanhosas na última quarta-feira. Por conta das condições climáticas, a busca e o regate acabaram sendo dificultados.

A queda da aeronave foi investigada pelas GDF. De acordo com o chefe de pessoal das Forças, Omar Khan, foram descartadas qualquer indicação de um possível abate, ou que outra nave estivesse ligada a queda.

Guiana Helicóptero Mortes Queda Venezuela

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.