São Paulo
16°C
Rio de Janeiro
21°C
Brasília
27°C
Salvador
27°C
Belo Horizonte
25°C
Fortaleza
26°C
Recife
26°C
Manaus
28°C
Curitiba
14°C
Porto Alegre
17°C
Home >> Último Segundo >> Governo regulamenta hoje a Lei Padre Júlio Lancellotti; entenda

Governo regulamenta hoje a Lei Padre Júlio Lancellotti; entenda

Após pressão do STF, quase R$ 1 bilhão serão investidos em ações para a população em situação de rua

por

Dimítria Coutinho

11 de dezembro de 2023

IG

Padre Júlio Lancellotti é conhecido por defender a população em situação de ruaRovena Rosa/Agência Brasil – 07/03/2023

O governo federal regulamenta nesta segunda-feira (11) a Lei Padre Júlio Lancellotti, que proíbe o emprego de técnicas construtivas hostis em espaços livres de uso público.

A regulamentação da lei é uma das medidas lançadas hoje em um pacote do governo para a população em situação de rua. O plano será lançado em evento no Planalto no fim da tarde desta segunda, e chega após o Supremo Tribunal Federal (STF) dar um prazo de 120 dias, iniciado em agosto, para que a gestão federal agisse sobre o tema. 

“O ministro [dos Direitos Humanos e da Cidadania] Silvio Almeida ressalta que as ações para a população em situação de rua integram as prioridades da pasta desde o início da gestão, antes mesmo de decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes”, diz o Planalto.

A regulamentação da lei, que foi sancionada em dezembro do ano passado, prevê a criação de um canal de denúncias para que a população possa enviar imagens de construções consideradas hostis à população em situação de rua.

Entre os exemplos de arquiteturas hostis, estão espetos pontiagudos instalados em fachadas comerciais, pavimentação irregular, pedras ásperas e divisórias em bancos de praças e pontos de ônibus.

Além da regulamentação da lei, o plano do governo federal inclui a criação de um grupo de trabalho para “avaliar e propor metodologias para a produção de informações sobre população em situação de rua”, além de investimentos em diversas áreas, estabelecendo parcerias com estados e municípios.

O total empregado para as ações é de R$ 982 milhões, divididos em:

  • Assistência social e segurança alimentar – R$ 575,7 milhões
  • Saúde – R$ 304,1 milhões
  • Violência institucional – R$ 56 milhões
  • Cidadania, educação e cultura – R$ 41,1 milhões
  • Habitação – R$ 3,7 milhões
  • Trabalho e renda – R$ 1,2 milhão
  • Produção e gestão de dados – R$ 155,9 mil
governo federal Lei Padre Júlio Lancellotti População em situação de rua stf

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.