São Paulo
15°C
Rio de Janeiro
22°C
Brasília
18°C
Salvador
27°C
Belo Horizonte
19°C
Fortaleza
27°C
Recife
26°C
Manaus
24°C
Curitiba
11°C
Porto Alegre
10°C
Home >> Último Segundo >> Governo quer investigar comissão da Câmara por fake news sobre vacina

Governo quer investigar comissão da Câmara por fake news sobre vacina

Ministra da Saúde, Nísia Trindade, disse que declarações falsas devem ser investigadas; Lula defendeu criminalização da desinformação

por

Dimítria Coutinho

12 de dezembro de 2023

IG

Lula e Nísia Trindade falaram sobre o tema em liveReprodução/Governo Federal

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, afirmou que o governo vai investigar declarações falsas sobre vacinas feitas em reunião da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados, presidida pela deputada Bia Kicis (PL-DF). O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu que a desinformação sobre a saúde se torne um crime.

Nísia participou nesta terça-feira (12) do programa “Conversa com o Presidente” ao lado de Lula, e disse que o ministério quer combater a “estratégia deliberada de usar falsas informações científicas”.

Durante reunião da Comissão da Câmara em novembro, médicos convidados pelos deputados afirmaram que as vacinas, sobretudo a da Covid-19, podem causar problemas de saúde e até a morte. “Tudo fake news, sem base científica, mas parecendo como se fosse informação científica, então isso confunde a população”, disse Nísia.

“O que nós fizemos foi criar um programa, que é o Saúde Com Ciência, junto com a Secom, com a Advogacia-Geral da União, com a Controladoria-Geral da União, para que esses casos sejam investigados”, completou a ministra, acrescentando que espera que o Conselho Federal de Medicina tome atitudes contra os médicos que participaram da sessão.

Na reunião de novembro, deputados se posicionaram contra a inclusão da vacina contra a Covid-19 para crianças de 6 meses a 5 anos no Programa Nacional de Imunização, defendida por Nísia. Na ocasião, Bia Kicis chegou a chamar o imunizante de “terapia gênica” e disse que as pessoas deveriam escolher se “querem tomar vacina diante de efeitos adversos”. A segurança e a eficácia das vacinas contra a Covid-19 já foram comprovadas cientificamente em crianças, adultos e idosos.

Lula completou a ministra afirmando que “é necessário criminalizar as pessoas que estão contando mentiras sobre uma questão tão importante, que é a gente vacinar o povo brasileiro, sobretudo as crianças”.

“Quando você tem um facínora qualquer que resolve fazer propaganda contrária [à vacinação], nós temos que processá-lo criminalmente, porque não tem outra saída para lidar com gente desse tipo, negacionista”, declarou Lula.

Covid 19 Desinformação Fake news Lula Nísia Trindade Saúde Vacina

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.