São Paulo
29°C
Rio de Janeiro
28°C
Brasília
28°C
Salvador
31°C
Belo Horizonte
27°C
Fortaleza
31°C
Recife
32°C
Manaus
27°C
Curitiba
29°C
Porto Alegre
28°C
Home >> Último Segundo >> Em carta assinada por Milei, Argentina formaliza recusa aos Brics

Em carta assinada por Milei, Argentina formaliza recusa aos Brics

Presidente argentino disse que país reforçará laços bilaterais com o Brasil

por

iG Último Segundo

29 de dezembro de 2023

IG

Javier Milei formaliza recusa de entrada nos BricsReprodução CNN Brasil – 10.12.2023

O governo da Argentina, sob o comando de Javier Milei, formalizou nesta sexta-feira (29) a decisão de não aderir aos Brics, grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. A informação é do jornal argentino Clarín.

Em carta enviada a cada um dos países que compõem o bloco, Milei disse que “não considera apropriado incorporar a República Argentina aos BRICS como membro pleno a partir de 1º de janeiro de 2024”.

“Como sabem, a marca da política externa do governo que presidi durante alguns dias difere em muitos casos da do governo anterior”, diz a carta. “Algumas decisões tomadas pela administração anterior serão revistas, entre elas está a criação de uma unidade especializada para a participação ativa do país nos BRICS”, completa.

No documento, Milei afirma que a Argentina continuará mantendo relações comerciais com os países que fazem parte do bloco. “Desejo destacar o compromisso do meu governo com a intensificação dos laços bilaterais com o seu país, particularmente o aumento dos fluxos comerciais e de investimento”, diz o presidente argentino nas cartas enviadas aos cinco países, que têm o mesmo conteúdo.

Em agosto, os Brics anunciaram a expansão do bloco e convidaram Argentina, Egito, Irã, Etiópia, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos para fazerem parte do grupo a partir de 2024.

Argentina Brasil Brics Javier Milei

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.