São Paulo
14°C
Rio de Janeiro
21°C
Brasília
22°C
Salvador
26°C
Belo Horizonte
20°C
Fortaleza
26°C
Recife
26°C
Manaus
26°C
Curitiba
10°C
Porto Alegre
14°C
Home >> Último Segundo >> 'É um erro' diz Reino Unido sobre anexação de Essequibo pela Venezuela

'É um erro' diz Reino Unido sobre anexação de Essequibo pela Venezuela

Na quinta-feira (7), o Secretário de Relações Exteriores do Reino Unido, David Cameron, chamou a medida de retrógrada e disse que não há argumentos para a ação

por

iG Último Segundo

8 de dezembro de 2023

IG

David Cameron e Antony Blinken fizeram uma declaração conjunta em WashingtonReprodução/Twitter @David_Cameron – 8.12.2023

O Secretário de Relações Exteriores do Reino Unido, David Cameron, se manifestou na quinta-feira (7) em oposição ao plebiscito de anexação da região de Essequibo pela Venezuela.

O referendo, convocado por Maduro no último final de semana, foi votado por eleitores venezuelanos que aprovaram a criação de um novo Estado na Guiana. A região equivale a dois terços do território da Guiana e é uma região de interesse por ser rica em petróleo.

“Não vejo absolutamente nenhum argumento para uma ação unilateral por parte da Venezuela, que está errada, deve parar” disse Cameron.

O Secretário e ex-premiê argumenta que as fronteiras foram estabelecidas em 1899, quando o laudo arbitral de Paris concedeu aos britânicos a soberania sobre a Guiana.

O discurso foi feito em uma declaração conjunta com Antony Blinken, Secretário de Estado dos Estados Unidos, em Washington.

Cameron chamou a medida de “retrógrada”: “Espero ter alguns telefonemas mais tarde com o presidente da Guiana e outros na região para tratar de assegurar que este passo tão retrógrado que se deu não vá mais além”.

A Venezuela não reconhece o acordo de 1899, apesar de os venezuelanos terem aceitado a decisão do tribunal arbitral e o resultado do laudo por décadas. À época, a posição oficial do governo do país foi se impor à Organização das Nações Unidas (ONU) alegando fraude no julgamento.

David Cameron Estados Unidos Guiana Reino Unido Venezuela Washington

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.