São Paulo
29°C
Rio de Janeiro
28°C
Brasília
28°C
Salvador
31°C
Belo Horizonte
27°C
Fortaleza
31°C
Recife
32°C
Manaus
27°C
Curitiba
29°C
Porto Alegre
28°C
Home >> Último Segundo >> Daniel Noboa diz que Equador vive 'estado de guerra' contra criminosos

Daniel Noboa diz que Equador vive 'estado de guerra' contra criminosos

Presidente do país decretou estado de conflito interno armado na terça-feira (9), o que permite colocar o Exército para combater violência

por

iG Último Segundo

10 de janeiro de 2024

IG

Onda de violência no EquadorReprodução: Redes Sociais

O presidente do Equador, Daniel Noboa, afirmou nesta quarta-feira (10) que o país está em “estado de guerra” com grupos terroristas. A declaração foi feita durante uma entrevista a uma rádio local. 

Desde que a escalada de violência começou na segunda-feira (8), com a fuga do criminoso Fito da prisão, chefe do grupo Los Choneros, as cidades do país  tiveram aulas suspensas, pouco trânsito, ruas vazias e comércio fechado

 Noboa disse que, para os criminosos, seria interessante que o governo classificasse as 22 facções que atuam no país como organizações criminosas, e não como terroristas.

“Vivemos em um estado de conflito, um estado de guerra [e nesse caso] se aplicam outras leis, aplica-se também o direito humanitário internacional, que é diferente do direito comum do Equador”, afirmou.

Como terroristas, os criminosos passam a ser alvos militares, disse o presidente.

Daniel Noboa Equador facções criminosas Equador Noboa diz que Equador vive estado de guerra violência no Equador

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.