São Paulo
14°C
Rio de Janeiro
21°C
Brasília
22°C
Salvador
26°C
Belo Horizonte
20°C
Fortaleza
26°C
Recife
26°C
Manaus
26°C
Curitiba
10°C
Porto Alegre
14°C
Home >> Último Segundo >> Chuva de meteoros: Brasil terá até 120 'estrelas cadentes' por hora

Chuva de meteoros: Brasil terá até 120 'estrelas cadentes' por hora

O fenômeno acontece nesta quarta e quinta-feira, sendo a última chuva de meteoros visível no Brasil este ano; saiba onde e como ver

por

iG Último Segundo

12 de dezembro de 2023

IG

Os meteoros entram na atmosfera da Terra em uma velocidade de 260 mil km/hReprodução: Flipar

Nesta semana, acontece a última chuva de meteoros visível no Brasil deste ano, a Geminídas. O fenômeno vai ocorrer nas noites de quarta e quinta-feira (13 e 14 de dezembro), com os fragmentos de rocha entrando na atmosfera terrestre em uma velocidade de 260 mil km/h, fazendo uma chuva de ‘estrelas cadentes’.

Esta é a chuva com maior taxa de meteoros por hora, podendo atingir cerca de 120 quedas de ‘estrelas cadentes’ por hora. Ele poderá ser visto a olho nu, mas dependerá das condições climáticas de cada região do Brasil.

A queda de meteoros Geminídas ocorre apenas uma vez por ano na Terra, sempre em meados de dezembro. A data se dá por ser a época em que o planeta normalmente passa pelo cruzamento com a órbita do asteroide 3200 Phaeton, onde há milhares de pequenas rochas e destroços do asteroide no espaço. Os asteroides estão localizados no trajeto que a Terra faz enquanto orbita o Sol.

Assim que cruza a região, os pequenos detritos começam a entrar na atmosfera terrestre, se desfazendo como riscos no céu. Caso o tempo esteja limpo, sem nuvens, é possível ver até 120 ‘estrelas cadentes’ por hora no momento de pico da chuva de meteoros.

Como assistir ao fenômeno

A Terra já começou a passar pelo cruzamento com a órbita di 3200 Phaeton, sendo possível ver alguns dos fragmentos já adentrando a atmosfera da Terra. Entretanto, ela só atingirá o pico por volta da noite de quinta-feira. Para conseguir uma visão da chuva, é aconselhado que olhe para a direção da constelação de Gêmeos, a partir das 22h30 ou 23h. 

Para conseguir apreciar o evento por completo, é aconselhável que a pessoa esteja em um local bem escuro, longe das luzes da cidade. Além disso, é preciso que o céu esteja limpo, sem nuvens que possam cobrir o fenômeno. 

Segundo as previsões, é possível que o fenômeno seja melhor apreciado nas regiões Norte e Nordeste do país. 

Vale ressaltar que também há aplicativos que podem ajudar a localizar tanto a constelação de Gêmeos quanto a própria chuva de meteoros, o que pode facilitar quem busca tentar enxergar o fenômeno.

Chuva de meteoros Geminídas Terra

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.