São Paulo
20°C
Rio de Janeiro
23°C
Brasília
19°C
Salvador
25°C
Belo Horizonte
18°C
Fortaleza
25°C
Recife
25°C
Manaus
27°C
Curitiba
17°C
Porto Alegre
19°C
Home >> Último Segundo >> Chefe do PCC é morto em invasão à residência no Guarujá (SP)

Chefe do PCC é morto em invasão à residência no Guarujá (SP)

Nego Zulu sofreu uma queda e morreu com um ferimento na cabeça

por

iG Último Segundo

30 de dezembro de 2023

IG

Nego Zulu, chefe do PCC mortoReprodução

Na madrugada da última sexta-feira (29), uma família estava em uma casa alugada na praia do Pernambuco, no Guarujá, litoral de São Paulo, quando criminosos invadiram a propriedade, pulando o muro em uma tentativa de assalto. Após resistência das vítimas, um dos chefes do PCC, conhecido como “Nego Zulu”, sofreu uma queda e morreu. 

Por volta da meia-noite os invasores surpreenderam as vítimas, que estavam no pátio da casa. Armados, os bandidos renderam a família e pediram objetos de valor como joias, celulares e dinheiro. Além disso, pressionaram por transferências bancárias, chegando a solicitar um valor de R$ 1 mil, o qual não pôde ser concluído devido ao bloqueio das transações bancárias no horário.

Contudo, a situação tomou um rumo inesperado quando as vítimas decidiram resistir. Em meio ao confronto, um dos criminosos, identificado posteriormente como Kevin Coelho, conhecido como “Nego Zulu”, líder da facção paulista PCC na comunidade da Maré Mansa, morreu após um acidente que resultou em uma queda, resultando em um impacto fatal na cabeça.

Zulu já tinha antecedentes por seu envolvimento em crimes graves, incluindo o suposto envolvimento na morte de um policial civil. Seu comparsa conseguiu escapar e, segundo relatos, teria se dirigido à comunidade da Maré Mansa, onde ainda permanece foragido até o momento.

A polícia ainda investiga o incidente e busca o criminoso em fuga. A família atacada está recebendo apoio e acompanhamento psicológico.

chefe Guarujá morte nego zulu pcc São Paulo

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.