São Paulo
24°C
Rio de Janeiro
26°C
Brasília
22°C
Salvador
29°C
Belo Horizonte
25°C
Fortaleza
26°C
Recife
27°C
Manaus
25°C
Curitiba
22°C
Porto Alegre
24°C
Home >> Último Segundo >> Câmara fortalece regulamento sobre ocupação de apartamentos funcionais

Câmara fortalece regulamento sobre ocupação de apartamentos funcionais

Em ato, Câmara dos Deputados define data para desocupação dos imóveis por parlamentares não reeleitos e novo valor de indenização em casos de uso irregular

por

Esther Ferreira

5 de janeiro de 2024

IG

O plenário Ulysses Guimarães da Câmara do Deputados Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados estabeleceu uma nova regra para a ocupação dos apartamentos funcionais em Brasília. A alteração institui uma data para a devolução dos imóveis de deputados não reeleitos e endurece as punições aos que ocupam estes imóveis de forma irregular.

Dessa forma, os deputados não reeleitos devem devolver os imóveis até o dia 31 de janeiro do ano de encerramento da legislatura.

Além disso, o ato estabelece que o deputado que deixar o cargo durante o mandato terá o prazo de 30 dias, a partir de seu último dia em exercício, para entregar o apartamento.

De acordo com a decisão, a não devolução do imóvel nos prazos propostos “configura esbulho possessório e ensejará as medidas administrativas e judiciais cabíveis”. As medidas incluem o pagamento de uma indenização à Câmara de 2/30 avos do valor do auxílio-moradia por cada dia de atraso na devolução.

Caso o atraso chegue a 10 dias, o parlamentar será multado em R$ 4.253, o valor do auxílio-moradia.

O ato também determina uma alteração na ordem de preferência de moradia. Pessoas com deficiência e com mais de 60 anos terão prioridade, bem como parlamentares com tempo maior de mandato.

Apartamentos funcionais Câmara deputados Indenização Prioridade

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.