São Paulo
15°C
Rio de Janeiro
22°C
Brasília
18°C
Salvador
27°C
Belo Horizonte
19°C
Fortaleza
27°C
Recife
26°C
Manaus
24°C
Curitiba
11°C
Porto Alegre
10°C
Home >> Último Segundo >> Brasil pede diálogo após Venezuela enviar tropas para Guiana

Brasil pede diálogo após Venezuela enviar tropas para Guiana

Essequibo, território da Guiana, é alvo de disputa por petróleo

por

iG Último Segundo

29 de dezembro de 2023

IG

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro e presidente da Guiana, Irfaan AliMontagem iG / Imagens: Fotos Públicas e Freddie Everett/ Public Domain

O governo brasileiro emitiu uma nota nesta sexta-feira (29) pedindo a retomada do diálogo nas negociações entre Venezuela e Essequibo. O território da Guiana é alvo de disputa por petróleo.

O comunicado é divulgado após a Venezuela anunciar que enviará tropas para a região de fronteira com Essequibo. O envio de militares ao local é uma resposta a um anúncio do Reino Unido, que afirmou que irá enviar um navio militar à costa da Guiana.

“O Brasil conclama as partes à contenção, ao retorno ao diálogo e ao respeito ao espírito e à letra da Declaração de Argyle”, diz o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, referindo-se ao acordo que os dois países fizeram no último dia 14 de dezembro.

“O governo brasileiro acredita que demonstrações militares de apoio a qualquer das partes devem ser evitadas, a fim de que o processo de diálogo ora em curso possa produzir resultados”, destaca o governo brasileiro.

Motivo da disputa

O conflito por conta da região de Essequibo remete ao século 19, durante o processo de criação da Guiana. Foi em 2015, porém, que a situação voltou a ser pauta quando a empresa petrolífera estadunidense ExxonMobil passou a explorar a região. A área é rica em petróleo depois da companhia encontrar diversas reservas.

Estima-se que haja reservas de 11 bilhões de barris de petróleo, sendo a maior parte na região de Essequibo.

Desde então, a Guiana despontou na exploração de jazidas de petróleo, mudando a economia local. Somente no ano passado, a economia do país cresceu 62%, segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI), representando a maior taxa do mundo.

A Venezuela acusa a ExxonMobil não apenas de explorar um território em disputa, mas também de ser usada pelos Estados Unidos para incentivar um conflito local.

Brasil disputa Essequibo petróleo Venezuela

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.