São Paulo
19°C
Rio de Janeiro
22°C
Brasília
19°C
Salvador
25°C
Belo Horizonte
18°C
Fortaleza
27°C
Recife
26°C
Manaus
27°C
Curitiba
16°C
Porto Alegre
18°C
Home >> Último Segundo >> Brasil condena ataque no Irã, falando em "ato de terrorismo"

Brasil condena ataque no Irã, falando em "ato de terrorismo"

Itamaraty emitiu uma nota nesta quarta-feira (3) a respeito do ataque com explosivos que matou cerca de 100 pessoas e deixou outras 200 feridas

por

Agência Brasil

4 de janeiro de 2024

IG

O general iraniano foi chefe do da Foraça al-Quds da Guarda Revolucionária entre 1998 e 2020Reprodução/Jonal Opção – 19.01.2020

O Itamaraty divulgou nota oficial, nesta quarta-feira (3), em que condena o ataque com explosivos que resultou na morte de cerca de 100 pessoas e deixou mais de 200 feridos na cidade de Kerman, no Irã, durante cerimônia alusiva aos quatro anos da morte do general Qassem Soleimani, ex-comandante da Força Quds da Guarda Revolucionária iraniana.

“Ao expressar suas condolências aos familiares das vítimas e sua solidariedade ao povo e ao governo da República Islâmica do Irã, o Brasil reitera seu mais firme repúdio a todo e qualquer ato de terrorismo”, diz a nota.

Soleimani, que era um dos principais líderes militares do país persa, foi morto no dia 3 de janeiro de 2020, em Bagdá, no Iraque, em decorrência de um ataque de drone executado pelos Estados Unidos, por ordem do então presidente Donald Trump.

Autoridades iranianas dizem que as explosões desta quarta, nas proximidades do cemitério de Kerman, foram ataques terroristas. Nenhum grupo ou país reivindicou a autoria do ato até o momento

Ataque com explosivos Irã Itamaraty

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.