São Paulo
24°C
Rio de Janeiro
26°C
Brasília
22°C
Salvador
29°C
Belo Horizonte
25°C
Fortaleza
26°C
Recife
27°C
Manaus
25°C
Curitiba
22°C
Porto Alegre
24°C
Home >> Último Segundo >> Belém faz ‘presépio de destroços' contra a guerra de Israel

Belém faz ‘presépio de destroços' contra a guerra de Israel

Com o Natal foi cancelado, a Basílica da Natividade e a Igreja Luterana montaram presépios em protesto

por

Lara Tôrres

25 de dezembro de 2023

IG

Em vez de uma manjedoura, o menino Jesus foi posto em uma ‘cama’ de destroços de guerra, simbolizando a destruição da Faixa de GazaHazem Bader/AFP

Em meio à sangrenta guerra promovida por Israel contra a Palestina, a cidade de Belém, na Cisjordânia, cancelou as celebrações de Natal e “presépios de destroços” foram montados como forma de protesto contra o conflito armado que já matou mais de 20 mil pessoas em menos de três meses.

Uma das cidades mais antigas do mundo, Belém é o “berço” do Cristianismo por ser considerada o local de nascimento do menino Jesus.

A imagem do menino Jesus envolto em um keffiyeh, lenço xadrez preto e branco que simboliza a identidade palestina, foi posto entre escombros de tijolos, telhas quebradas e pedras que simbolizam a destruição provocada pelos bombardeios promovidos por Israel na Faixa de Gaza.

Igrejas muito tradicionais, como a Basílica da Natividade, usaram arame farpado e destroços para fazer os presépios, atraindo fiéis que acenderam velas e rezaram ao redor da obra, do lado de fora da igreja.

Já a Igreja Evangélica Luterana da Natividade de Belém montou um presépio semelhante, só que do lado de dentro da capela.

Belém Cisjordânia Guerra Hamas Israel Natal

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.