São Paulo
14°C
Rio de Janeiro
21°C
Brasília
22°C
Salvador
26°C
Belo Horizonte
25°C
Fortaleza
26°C
Recife
26°C
Manaus
26°C
Curitiba
10°C
Porto Alegre
14°C
Home >> Último Segundo >> Ato em 8/01 deve contar com ministros, parlamentares e governadores

Ato em 8/01 deve contar com ministros, parlamentares e governadores

Evento irá celebrar a democracia e relembrar a invasão na sede dos Três Poderes que ocorreu na mesma data em 2023

por

iG Último Segundo

29 de dezembro de 2023

IG

Atos golpistas em 8 de janeiro de 2023Reprodução: Agência Brasil

presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) convidou todos os governadores, parlamentares e ministros para estarem em Brasília e participarem do evento do 8 de janeiro de 2024, que irá celebrar a democracia e relembrar a invasão na sede dos Três Poderes que ocorreu na mesma data em 2023.

Para isso, alguns ministros irão adiantar as férias, como é o caso de Fernando Haddad (Fazenda), que não iria trabalhar até dia 12 de janeiro, mas com o evento, ele estará em serviço nos dias 8 e 9 do próximo mês.

Outros ministros na mesma situação são: Esther Dweck (Gestão e Inovação), Mauro Vieira (Relações Exteriores), Nísia Trindade (Saúde), Renan Filho (Transportes) e Vinicius Carvalho (CGU).

Lula está de recesso desde o dia 26 de dezembro, quando viajou para a base militar de Restinga de Marambaia, no Rio de Janeiro. Ele retorna dia 4 de janeiro.

O evento de 8 de janeiro também deve marcar o último dia de Flávio Dino como ministro da pasta da Justiça e Segurança Pública. Segundo o presidente, ele deve chefiar o ministério até o começo de janeiro. A posse como magistrado do Supremo Tribunal Federal será no dia 22 de fevereiro.

De acordo com o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, o evento será “um dia para festejar a democracia revigorada”. 

“Será um evento para não se esquecer o que aconteceu e unir o país ainda mais em torno dos valores democráticos. Essa é a intenção e tenho certeza que faremos um dia histórico”, afirmou Cappelli ao Correio Braziliense.

Imagens dos estragos causados por vandalismo no Edifício-sede do STF (10/01/2023)Foto: Carlos Moura/SCO/STF
Ministro Alexandre de Moraes avalia estragos após vandalismo no STFFoto: Rosinei Coutinho/SCO/STF
Imagens dos estragos causados por vandalismo no Edifício-sede do STFFoto: Carlos Moura/SCO/STF
Imagens dos estragos causados por vandalismo no Edifício-sede do STF. 10/01/2023Foto: Carlos Moura/SCO/STF
Imagens do Salão Branco e os estragos causados por vandalismo no Edifício-sede do STF. 10/01/2023Foto: Carlos Moura/SCO/STF
Danos causados na sede do Supremo Tribunal Federal, em Brasília (11/01/2023)Foto: Mariana Alves/Iphan
É possível identificar objetos quebrados, cadeiras jogadas e vidros estilhaçados, além de extintores e mangueiras contra incêndio espalhadas pelo localFoto: Jefferson Rudy/Agência Senado – 08.01.2023
Estrago patrimonial no prédio do Congresso Nacional, invadido na tarde de domingo (8), por manifestantes bolsonaristasFoto: Pedro França/Agência Senado – 09.01.2023
Senado aprova intervenção na segurança pública do Distrito FederalFoto: Edilson Rodrigues/Agência Senado – 10.01.2023
Bolsonaristas levados em ônibus de superintendência da PF a rodoviária de BrasíliaFoto: Reprodução/TV Globo – 10.01.2023
Danos causados na sede do Supremo Tribunal Federal, em Brasília (11/01/2023)Foto: Mariana Alves/Iphan
Manifestantes invadiram o Congresso, STF e Palácio do PlanaltoFoto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Manifestantes golpistas na Praça dos Três PoderesFoto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Terroristas que invadiram a Praça dos Três Poderes no dia 8 de janeiroFoto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
PRF apreende ônibus usados por vândalos em atos desse domingo (8)Foto: DIVULGAÇÃO / PRF
Acervo destruído representa a história brasileiraFoto: Ricardo Stuckert (09.01.2022)
Manifestantes são retirados em 50 ônibus de QG do Exército em Brasília (09.01.2022)Foto: Reprodução Redes Sociais (09.02.2022)
Obra de Di Cavalcanti ‘As Mulatas’ avaliada em R$ 8 milhões apresenta quatros rasgadosFoto: Paulo Pimenta (PT) (09.01.2022)
Lula se reuniu com Rosa Weber, Luís Roberto Barroso e Dias Toffoli para discutir medidas a serem tomadas após atos terroristas em BrasíliaFoto: Reprodução / TV Globo – 09.01.2023
Lula se reúne com presidentes dos Poderes da República no Palácio do Planalto, Rosa Weber, presidente do STF, Vital do Rêgo, presidente em exercício do Senado, e Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados (09/01/2023)Foto: Ricardo Stuckert
Lula visita Palácio do Planalto e STF após atos golpistas em Brasília (08/01/2023)Foto: Ricardo Stuckert
Forças de segurança fazem barreira em frente ao QG do Exército, em BrasíliaFoto: Reprodução/TV Globo – 09.01.2023
Golpistas tentam retornar ao QG do Exército após invasão nas sedes dos Três Poderes e são barrados. Foto: Foto:DCM
Governador do DF diz que está trabalhando para identificar vândalosFoto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Governador do DF diz que está trabalhando para identificar vândalosFoto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Ministros acusaram manifestantes de roubares armas do gabinete do GSIFoto: Divulgação/Palácio do Planalto
Ricardo Capelli foi nomeado pelo presidente LulaFoto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Manifestação ocorre após invasão de sedes dos Três PoderesFoto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Chefes de Estado e de Governo ofereceram apoio a presidente LulaFoto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Agentes da Polícia Federal do DF são vistos interagindo pacificamente com manifestantes durante atos terroristas na Praça dos Três poderesFoto: Reprodução/Twitter
Choque no Congresso NacionalFoto: Reprodução
Invasão ao STFFoto: Reprodução/Twitter
Invasão ao STFFoto: Reprodução/Twitter
Invasão ao STFFoto: Reprodução/Twitter
Invasão ao STFFoto: Reprodução/Twitter
Bolsonaristas golpistas invadem congresso nacionalFoto: Reprodução/Twitter
Bolsonaristas golpistas invadem congresso nacionalFoto: Reprodução/Twitter
Manifestantes tentaram invadir gabinete presidencial e destruíram portas, gavetas e presentes de autoridades internacionaisFoto: Reprodução/redes sociais
Invasão ao congresso nacionalFoto: Reprodução/Twitter
Invasão ao congresso nacionalFoto: Reprodução/Twitter
Invasão ao congresso nacionalFoto: Reprodução/Twitter
Invasão ao congresso nacionalFoto: Reprodução/Twitter
Congresso Nacional invadido por bolsonaristasFoto: Reprodução
Manifestantes protestam contra vitória de Lula nas eleições de 2022 e criticam as urnas eletrônicasFoto: Reprodução/redes sociais
8 de janeiro atos golpistas democracia Governadores Lula ministros parlamentares

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.