São Paulo
19°C
Rio de Janeiro
23°C
Brasília
23°C
Salvador
25°C
Belo Horizonte
26°C
Fortaleza
29°C
Recife
28°C
Manaus
31°C
Curitiba
14°C
Porto Alegre
17°C
Home >> Economia >> Lula volta a defender comércio internacional sem dólar e critica FMI

Lula volta a defender comércio internacional sem dólar e critica FMI

Presidente disse que Banco dos Brics precisa ser mais forte que o fundo monetário

por

Ansa

7 de dezembro de 2023

IG

Lula critica FMIRicardo Stuckert

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que nesta quinta-feira (7) será o anfitrião da cúpula do Mercosul no Rio de Janeiro, propôs impulsionar o comércio internacional sem a hegemonia do dólar, durante evento com a ex-mandatária Dilma Rousseff, atual chefe do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD) dos Brics.

“Nós vamos ter de apreender a negociar sem precisar do dólar como moeda padrão. Por que eu preciso negociar com qualquer outro país precisando de dólar? O que precisamos é tentar inovar”, afirmou o petista durante cerimônia na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) nesta quarta-feira (6).

O presidente também fez duras críticas ao Fundo Monetário Internacional (FMI) e suas políticas sobre as dívidas de países africanos.

“O FMI não empresta dinheiro para salvar, ele empresta uma corda para se enforcar”, afirmou Lula, ressaltando que o banco dos Brics “precisa ser mais forte” que o fundo monetário.

BNDES Brics Dilma Dólar FMI Lula

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.