São Paulo
29°C
Rio de Janeiro
28°C
Brasília
28°C
Salvador
31°C
Belo Horizonte
27°C
Fortaleza
31°C
Recife
32°C
Manaus
27°C
Curitiba
29°C
Porto Alegre
28°C
Home >> Economia >> Corpos em Gaza: Zara sofre boicote após campanha publicitária

Corpos em Gaza: Zara sofre boicote após campanha publicitária

As imagens promocionais da empresa, que foram divulgadas nas redes sociais, foram associadas aos corpos de pessoas palestinas em Gaza

por

Brasil Econômico

12 de dezembro de 2023

IG

A empresa disse que foi um ‘mal entendido’Montagem/Portal iG – 12.12.2023

Nesta terça-feira (11), a marca de moda Zara comentou o boicote que estava sofrendo, devido à última campanha publicitária que foi publicada no Instagram. Nela, estátuas estão envoltas em panos brancos, imagem que acabou sendo associada a cadáveres em mortalhas brancas em Gaza. A peça publicitária foi retirada do ar.

Após a “#BoycottZara” e manifestantes pró-palestina irem às lojas da marca de moda protestarem, a empresa fez um pronunciamento dizendo se tratar de um “mal-entendido”. Segundo a empresa, a campanha, que também contava com manequins sem membros, teria sido concebida em julho e fotografada em setembro, cerca de um mês antes do primeiro ataque que deu início ao conflito armado entre o Hamas e Israel.

…como a dos os manequins embrulhados com mortalhas da tradição funerária islâmica. ou um simples furo na parede que parece com o mapa da palestina. a moda serve como registro de uma época, e a gigante de fast-fashion acaba de escrever mais um capítulo horroroso da sua história.

— André do Val (@andre_do_val) December 12, 2023

“Infelizmente, alguns clientes sentiram-se ofendidos com estas imagens, que agora foram removidas, e viram nelas algo longe do que se pretendia quando foram criadas”, afirmou a empresa em um comunicado publicado no Instagram.

Eles ainda afirmam que as imagens tinham o propósito de apresentar as peças de roupas que estavam sendo lançadas pela marca, que são “peças de vestuário artesanais num contexto artístico”. “A Zara lamenta esse mal-entendido e reafirmamos o nosso profundo respeito por todos”, finalizam.

Os manifestantes se reuniram em frente a lojas da Zara na última segunda-feira (11), cantando e agitando bandeiras da Palestina. Algumas vitrines foram manchadas com tinta vermelha.

في احد افرع #zara #اضراب_عالمي pic.twitter.com/ErkHBCB4jY

— nizar_bassam (@nizar_bassam1) December 12, 2023

Segundo a Autoridade de Padrões de Publicidade da Grã-Bretanha, 110 reclamações foram feitas contra a campanha da Zara, dizendo que as imagens faziam referências à guerra em Gaza. “Como a Zara removeu o anúncio, não tomaremos nenhuma ação adicional”, disse a ASA em comunicado veiculado pela Reuters.

Nomeada como “Atelier”, a campanha continha seis postagens no feed da marca. Todas elas foram retiradas do ar, segundo informou a controladora Inditex (ITX.MC). As fotos que estavam no site e aplicativos da marca também foram deletadas.

Boicote Gaza Mortos Zara

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.