São Paulo
29°C
Rio de Janeiro
28°C
Brasília
28°C
Salvador
31°C
Belo Horizonte
27°C
Fortaleza
31°C
Recife
32°C
Manaus
27°C
Curitiba
29°C
Porto Alegre
28°C
Home >> Economia >> Caixa conclui pagamento da parcela de dezembro do novo Bolsa Família

Caixa conclui pagamento da parcela de dezembro do novo Bolsa Família

Em 2023, 2,85 milhões de famílias passaram a fazer parte do programa que recebeu um acréscimo para mães-solo

por

Agência Brasil

22 de dezembro de 2023

IG

Bolsa Família prevê exigência de frequência escolar, vacinação e acompanhamento nutricional Roberta Aline/ MDS

A Caixa Econômica Federal concluiu o pagamento da parcela de dezembro do novo Bolsa Família. Nesta sexta-feira (22), recebem  os beneficiários com Número de Inscrição Social  de final 0. 

Pelo terceiro mês seguido, o benefício tem um adicional para mães de bebês de até seis meses de idade. Chamado de Benefício Variável Familiar Nutriz, o adicional corresponde a seis parcelas de R$ 50 para garantir a alimentação da criança.

Com o novo acréscimo, que destina R$ 20 milhões a 420 mil mães neste mês, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome informa que está concluída a implementação do novo Bolsa Família.

Bolsa Família ao longo de 2023

Desde julho, passou a valer a integração dos dados do Bolsa Família com o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). O CNIS conta com mais de 80 bilhões de registros administrativos referentes a renda, vínculos de emprego formal e benefícios previdenciários e assistenciais pagos pelo INSS.

Com base no cruzamento de informações, 190 mil famílias entraram no programa em dezembro. A inclusão foi possível por causa da política de busca ativa, baseada na reestruturação do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e que se concentra nas pessoas mais vulneráveis que têm direito ao complemento de renda, mas não recebem o benefício.

Desde março, 2,85 milhões de famílias passaram a fazer parte do Bolsa Família.

Desde o início de 2023, o programa social voltou a chamar-se Bolsa Família. O valor mínimo de R$ 600 foi garantido após a aprovação da Emenda Constitucional da Transição, que permitiu o gasto de até R$ 145 bilhões fora do teto de gastos neste ano, dos quais R$ 70 bilhões estão destinados a custear o benefício.

O pagamento do adicional de R$ 150 começou em março, após o governo fazer um pente-fino no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), para eliminar fraudes.No modelo tradicional do Bolsa Família, o pagamento ocorre nos últimos dez dias úteis de cada mês.

Em dezembro, o calendário é antecipado, e as parcelas são liberadas antes do Natal. O beneficiário pode consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas no aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco. 

Beneficiários Bolsa Família CadÚnico economia Gestantes NIS de final 0

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.