São Paulo
26°C
Rio de Janeiro
28°C
Brasília
29°C
Salvador
32°C
Belo Horizonte
28°C
Fortaleza
31°C
Recife
33°C
Manaus
28°C
Curitiba
24°C
Porto Alegre
30°C
Home >> Economia >> Argentina: inflação de 2023 fecha em 211,4%, a mais alta em 30 anos

Argentina: inflação de 2023 fecha em 211,4%, a mais alta em 30 anos

O índice superou até mesmo o da Venezuela, que fechou o ano com inflação de 193%

por

Brasil Econômico

11 de janeiro de 2024

IG

Argentina fecha 2023 com inflação de 211%, maior do que a da VenezuelaFree CC0 Image

A Argentina encerrou 2023 com uma inflação anual de 211,4%, o índice mais alto dos últimos 30 anos. Segundo dados divulgados pelo governo argentino nesta quinta-feira (11), a taxa registrada em dezembro foi 50,5 pontos percentuais maior que a do mês de novembro.

A taxa superou até mesmo a da Venezuela, que terminou o ano com inflação de 193%.

A alta no mês foi puxada pelo setor de bens e serviços (32,7%). Saúde veio em seguida (32,6%), impulsionada pela compra de medicamentos e consultas particulares.

O setor de Transporte teve um aumento de 31,7%, com a alta no preço dos combustíveis. O aumento no preço das carnes e derivados, assim como cereais e carboidratos resultou na alta de 29,7% no setor alimentício.

Argentina inflação inflação na Argentina mundo

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.