São Paulo
26°C
Rio de Janeiro
28°C
Brasília
29°C
Salvador
32°C
Belo Horizonte
28°C
Fortaleza
31°C
Recife
33°C
Manaus
28°C
Curitiba
24°C
Porto Alegre
30°C
Home >> Economia >> 13º salario deve ser pago até o dia 20; saiba como usar o dinheiro

13º salario deve ser pago até o dia 20; saiba como usar o dinheiro

Saiba quais são as melhores formas de aproveitar o benefício

por

Bruna Correia

16 de dezembro de 2023

IG

13º salario deve ser pago até o dia 20; o que fazer com o dinheiro? pixbay

A segunda e última parcela do décimo terceiro salário deve ser paga até quinta-feira (20). O benefício é concedido a todos os trabalhadores com carteira assinada sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Essa pode ser uma oportunidade para o trabalhador organizar as finanças ou fazer investimentos para começar 2024 sem preocupações.

Em entrevista para o Portal iG, Júlia Aquino, analista da Rico Investimentos, o décimo terceiro pode ser um pontapé inicial para construir uma reserva de emergência. “Essa reserva é constituída pensando em proteger o investidor de imprevistos, como uma demissão ou despesas de última hora. O primeiro passo é entender gastos, e definir qual é o custo de vida básico”, defende.

“O ideal é que a reserva seja de 6 a 12 vezes esse custo de vida básico, a fim de te dar conforto e segurança para seguir na jornada de investidor”, argumenta. “Além de entender os tipos de investimentos disponíveis, ter um planejamento financeiro e sentir conforto na hora de gerir suas finanças também vão ajudar na hora de investir”, complementa.

Para a especialista, a reserva de emergência tem duas regras essenciais: primeiro, por ser pensada para emergências, ela deve estar investida em um produto com liquidez diária (ou seja, que você pode sacar a qualquer momento); segundo, ela não deve ser aplicada em investimentos muito arriscados ou voláteis, já que previsibilidade é importante para que você não fique na mão quando precisar sacar esse dinheiro.

“Por isso, recomendamos que essa reserva seja investida em títulos de renda fixa pós-fixados, como Tesouro Selic e CDBs de liquidez diária que rendam 100% do CDI, ou Fundos DI com taxa zero, como o Trend DI FIC FIRF Simples”, explica Júlia Aquino.

Já para quem já construiu essa reserva e quer investir valores menores, Julia acredita que é interessante pensar em preservar seu patrimônio. “Para quem está começando, sugiro explorar opções de renda fixa, que vão dar visibilidade de quanto seu dinheiro vai render até a data de resgate com menos risco associado, procurando sempre títulos emitidos por empresas ou bancos sólidos. Nessa categoria também entra o Tesouro Direto, com títulos públicos com rendimentos pagos pelo governo e valores iniciais de aplicação acessíveis”, defende.

“Títulos de renda fixa atrelados à inflação, aliás, seguem sendo uma excelente proteção para seus investimentos, protegendo seu dinheiro da desvalorização. É possível encontrar opções atreladas a índices diversos de inflação tanto no Tesouro Direto quanto em títulos privados”, complementa.

“Mesmo que o valor seja pequeno, é essencial que o investidor continue focado em seus objetivos e siga fazendo aportes — no longo prazo, com a ajuda dos juros compostos, esse dinheiro a mais todos os meses (ou anos, no caso de abonos anuais) vai fazer uma diferença significativa nos seus rendimentos”, finaliza.

Como negociar dividas?

Já para quem deseja quitar dividas com o valor do décimo terceiro salário, o governo ainda mantêm ativa a última fase do programa Desenrola Brasil, para renegociação de dívidas, que permite o contato entre empresas e devedores para quitar o débito e limpar o nome. Os interessados poderão renegociar suas dívidas com descontos e pagá-las à vista ou em até 60 meses, com juros de até 1,99% ao mês. O programa deve ficar vigente até março.

Além disso, indivíduos que apresentam débitos na faixa de R$ 5 mil a R$ 20 mil têm a oportunidade de usufruir, também, da opção de estabelecer novos acordos de pagamento diretamente com as instituições financeiras. Conforme revelado por um levantamento do Ministério da Fazenda até o início deste mês, o programa propiciou a renegociação de dívidas totalizando R$ 29 bilhões, beneficiando diretamente quase 11 milhões de pessoas.

O que é o décimo terceiro salário e por que é importante? O décimo terceiro salário, instituído pela Lei 4.090/62, é uma gratificação paga aos trabalhadores brasileiros para proporcionar um reforço financeiro no final do ano. Ele é calculado com base no salário do trabalhador e é pago em duas parcelas: a primeira deve ser realizada até o dia 30 de novembro e a segunda, até 20 de dezembro.

Como calcular? Para calcular o décimo terceiro salário basta dividir o salário bruto por 12 meses para encontrar a média mensal do salário. Depois multiplique a média mensal pelo número de meses trabalhados. Se o funcionário trabalhou o ano todo, receberá o salário integral. Se o empregado começou no meio do ano, o cálculo é feito proporcionalmente aos meses trabalhados.

Segundo levantamento realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o pagamento do décimo terceiro salário está projetado para incluir R$ 291 bilhões na economia. A quantia equivale a cerca de 2,7% do Produto Interno Bruto (PIB) do país. O benefício será destinado aos trabalhadores do mercado formal, abrangendo inclusive os empregados domésticos.

Dos brasileiros previstos para receber o décimo terceiro salário, um contingente de 53,8 milhões, equivalente a 69,2% do total, está inserido no mercado formal. Esse grupo inclui os empregados domésticos com carteira assinada, totalizando 1,5 milhão de beneficiários, o que representa 1,7% do conjunto total de contemplados.

Os beneficiários da Previdência Social, assim como os aposentados e beneficiários de pensão da União, estados e municípios, também serão contemplados com o décimo terceiro salário. O pagamento alcançará aproximadamente 87,7 milhões de cidadãos brasileiros, proporcionando um rendimento adicional. A estimativa média do valor a ser recebido por cada trabalhador, no total, é de R$ 3.057.

Do valor total a ser desembolsado com o pagamento do décimo terceiro salário, aproximadamente R$ 201,6 bilhões, correspondendo a 69% do montante global, será destinado aos empregados formais, abrangendo também os trabalhadores domésticos. Os restantes 31% dos R$ 291 bilhões, equivalendo à cerca de R$ 89,8 bilhões, serão direcionados aos aposentados e pensionistas.

clt Consolidação das Leis do Trabalho Décimo Terceiro Salário julia aquino rico investimentos

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.