São Paulo
15°C
Rio de Janeiro
22°C
Brasília
18°C
Salvador
27°C
Belo Horizonte
19°C
Fortaleza
27°C
Recife
26°C
Manaus
24°C
Curitiba
11°C
Porto Alegre
10°C
Home >> Último Segundo >> Polícia indiana prende 8 homens pelo estupro de brasileira

Polícia indiana prende 8 homens pelo estupro de brasileira

O crime aconteceu na sexta-feira (1); no último domingo, três suspeitos haviam sido presos

por

Ana Carolina Montoro

5 de março de 2024

IG

Foto postada pelo casal quando chegaram à Índia seis meses antes do crime contra os doisArquivo pessoal / Redes sociais

A polícia indiana confirmou hoje (5) a prisão de oito suspeitos pelo crime de estupro coletivo cometido contra uma brasileira na região de Dumka, leste da Índia, na sexta-feira (1). 

Fernanda Santos, que possui dupla cidadania espanhola, e seu marido, Vicente Barbera, confirmaram por meio do perfil compartilhado pelo casal em uma rede social, a informação divulgada pelas autoridades indiana.

Até o último domingo (3), três suspeitos haviam sido preso e todos os outros identificados. 

O superintendente da Polícia Nacional indiana, Pitamber Singh Kherwar, confirmou as prisões durante uma entrevista coletiva. Kherwar disse ainda que os presos serão agora levados a julgamento. Os homens foram presos em Dumka e levados para a delegacia de Hansdiha, próxima ao acampamento onde o crime aconteceu.

Entenda o contexto

Fernanda e Vicentes são motociclistas viajantes. O objetivo da dupla é percorrer o mundo de moto. Nos últimos cinco anos, já visitaram 66 países, entre eles Irã, Iraque, Turquia, Sri Lanka, Paquistão, Bangladesh, Arábia Saudita, Jordânia, Itália, Geórgia e Afeganistão.

Na noite do crime, o casal dormia em um acampamento quando foram agredidos e a mulher estuprada, segundo o seu próprio relato nas redes sociais.

Fernanda e Vicente iam para Bhagalpur através de Jarcanda. O plano era continuar em direção ao Nepal. O casal estava na índia há seis meses. Na noite do ataque, estavam em uma barraca próxima à estrada em Kurmahat, um pequeno vilarejo no distrito de Dumka.

Ao chegar ao local, um grupo de homens ligou para outros amigos. Todos entraram juntos na barraca e espancaram o casal. Os homens fugiram do local depois de estuprar Fernanda.

Após o crime, o casal juntou seus pertences e pegou a estrada. A polícia os encontrou em estado de delírio por volta das 22h30 do horário local e os levou ao hospital.

Nas redes sociais, Fernanda e Vicente se pronunciaram mais uma vez na tarde desta segunda-feira (4) e disseram que foram criticados pelas circunstâncias em que estavam viajando e acusados de se exporem ao perigo.

“Isso [violência] pode acontecer com qualquer pessoa: com a sua filha, irmã, mãe, e em qualquer país do mundo. Ninguém está livre. Isso já aconteceu muitas vezes na Espanha, no Brasil e na América. Então, não diga bobagens pelo fato de estarmos na Índia”, disse a brasileira.

“Não pense que a Índia é assim, porque não é verdade”, disse o casal. “Os indianos são boas pessoas. Encontramos alguns indesejáveis, mas não podemos generalizar”, completou Fernanda.

Brasileira estuprada na Índia Brasileira violentada na índia Crime de gênero Fernanda Santos Polícia prende suspeitos de estupro coletivo Vicente Barbera Violência sexual

Esteja sempre por dentro!

Assine nossa newsletter e receba as principais informações em seu e-mail.